terça-feira, 8 de março de 2011

A Inspiração Hashiriya!

Olá pessoal,estou hoje aqui para publicar o que nos move,os hashiryas.você que sempre gostou de carros desde pequeno,quando via em uma simples miniatura de automovel a sua paixão.
Nós aqui do blog,Carros:A paixão de todo brasileiro,vamos te mostrar a mais similar demostração de afeto que demostramos para com essas maquinas,Espero que gostem.
Este primeiro é de um menbro do fórum Initial-D Brasil.

                                        O Hashiriya e o Rachador (por Kyoudaina Maru)

Encontro-me encostado em meu carro, um Chevette, que está estacionado em um posto de combustível. Estava tomando um refrigerante pra dar uma relaxada naquele momento. Um Gol se aproxima de mim, com aquelas tradicionais rodas orbitais, rebaixado e com um som extremamente alto. Logo o motorista se aproxima, e me dirige a palavra:
-Legal seu Chevette. Que motor ele tem?
-O motor original dele. O 1.6 litros com preparação leve.
-Aspirado?
- Sim.
-Por que não o troca por um AP?
-Por que deveria?
-O AP é mais potente que este motor. Com turbo fica melhor ainda. Escolhi o Gol por causa do AP.
Intrigado, perguntei o seu nome:
-Como se chama?
-Rachador.
-Então, Rachador, escolheu o Gol só por causa do AP?
-E teria motivo melhor que este?!
-Sabe por que escolhi o Chevette? O escolhi porque é um Chevette. Ele pode não ter um motor mais potente que o seu Gol, mas ele tem suspensão double wishbone, é FR, possui boa distribuição de peso.
Confuso, Rachador tenta disfarçar:
-Pra que tudo isso? Você não vai usar essas coisas num racha! Troca este motor e corta as molas, vai ficar bem mais estiloso.
-Rachador, somos de mundos diferentes. Enquanto você se preocupa em ter um motor forte, suspensão rebaixada, com o propósito de ter estilo e atrair garotas. Eu me preocupo com o meu carro em boas condições pra mim.
-Cara, este seu carro é muito sem graça.
-Pra você e seus amigos talvez sim, mas não pra mim. Seu mundo é a arrancada, seu mundo é a reta, entediante e sem essência, por isso precisa ser estiloso, com um som que impeça de escutar seu próprio motor, rebaixando o carro e compromentendo a confiança que tem no mesmo, tudo isso pra que sua juventude tenha algum sentido. O meu mundo é composto de retas, mas principalmente de curvas, e por isso meu carro não precisa ser estiloso, mas pleno. Plenas condições pra acelerar. Plenas condições pra atacar as curvas, plenas condições pra retornar, orgulhoso e satifisfeito de mim e do meu carro. Isso é o suficiente pra minha vida ter sentido.
Muito intrigado, e revoltado por dentro, por não me convencer a ser mais um de seus amigos, foi até mim equanto entrava em meu carro, só pra perguntar mais uma coisa:
-Qual é o seu nome?
-Eu sou Hashiriya.
Liguei meu carro e sai do posto, deixando Rachador com seu AP pra trás.

Gostaram? bom,Sabemos que o Gol é um carro e tanto,seu motor AP é o prodigio da VW,O que Kyoudaina Maru quis dizer é que existem mundos diferentes,amantes de carros diferentes,há o Hashiriya que gosta muito de seu carro e cuida muito bem do mesmo,não liga muito pra velocidade,gosta e tem técnica,mistura prática com teoria e não faz pega.
Já nosso caro Rachador,Se importa com velocidade,não se preocupa com técnica de pilotagem e seu Gol Ap 1.8 tem sua molas cortadas além de rodas orbital super pesadas...

Vamos então agora,Ver outra pelicula de alex Rempel,nosso revisador.

Primeira luz vermelha, é agora. Segunda luz vermelha. Terceira luz vermelha, meu coração vai sair pela boca. Quarta luz vermelha, giro a 6 mil e constante. Quinta luz vermelha, é agora. Luz verde e seja o que Deus quiser. Isso não vai ser fácil, mas vou tentar me manter o mais longe possível de encrencas. Meu parceiro fez um bom trabalho no qualy, mas era ele quem deveria ter largado, não eu. Minha primeira corrida e já é uma endurance. Ok, primeira curva e... O que ele tá fazendo? Me passando por fora? A curva é pro meu lado... É, sabia que não era bom negócio ter largado... Em menos de uma volta já perdi duas posições, mas ainda estou em primeiro na categoria. Agora já sei o que fazer pra manter a posição, entrada do miolo, aqui ninguém me passa. Bem, esse é o tal de pinheirinho, mas por que todo mundo faz essa curva errada? Todo mundo indo por fora, vou me meter aqui no meio. Nossa... Essa eu não entendi mesmo. Saindo do pinheirinho agora e... Caramba, o que aconteceu com meu carro? Tá todo mundo me passando!! Porcaria que não tem rádio...
 "S" de alta e meu carro tá quase normal. Vou dar mais uma volta pra ver o que aconteceu, mas não entendi nada mesmo! Será que foi o quinto cilindro? Curva da vitória e reta, aqui não tem pra ninguém, mas esse cara aí de trás não larga do meu pé. O que há com ele hein? Com certeza meu carro tem alguma coisa. *final da reta a 220km/h* O que quer que tenha sido, já não é mais problema, que bom que resolvi dar mais uma volta e espero que não aconteça mais. Parece que eu cheguei um pouco no cara da frente, que bom! Entrada do miolo e o lazarento de trás chegou denovo. Ele deve ter cortado caminho na chicane do fim da reta. É, com certeza foi isso. Mas tenho que admitir que ele é bom mesmo. Pinheirinho denovo, gostei de fazer ela! Todo mundo dizia que era difícil pra caramba, mas eu não vi dificuldade nenhuma, eu até quase passei um protótipo ali. Agora é só sair e... Ah não, aquele problema denovo, será que to usando a marcha errada pra sair? Certeza que é isso, não vou entrar no box. Vou usar uma marcha mais baixa na próxima e além do mais, o chefe disse que vai ter uma placa informando o tempo de cada volta
Entrando na reta e a placa era... vermelha, eu acho... Sim, é vermelha. Tempo: 1'42.3? Será que eu li certo mesmo? Tá muito alto esse tempo. O tempo do qualy foi 1'32... Mas é por causa do problema, certeza! Abrindo a terceira volta e... Caramba, como isso cansa! Não sei se vou aguentar os meus primeiros 30 minutos aqui. *final da reta a 212km/h*. Agora já tenho bastante noção da pista, posso acelerar bem mais. Tenho certeza que chegarei mais perto do tempo do parceiro. Quando chegar no pinheirinho, vou usar uma marcha menor. *chegando no pinheirinho* Lá vou eu. É, eu sabia que eu ia sair bem melhor, olha esse giro! Com certeza a minha volta vai ser bem melhor. Mas o cara de trás parece que também sabe fazer bem essa curva, deve ter visto eu fazer e fez igual... Não consegui visualizar que carro é, mas com certeza é da minha categoria, pois ele anda colado em mim toda hora. Vamos ver o tempo de volta e... *1'41.2* . O que? Como assim? Esse carro tem alguma coisa. *olhou no retrovisor e viu uma fila de carros atrás dele*. Eu tenho que fazer alguma coisa, não é possível!
Vou tentar acelerar mais na curva da vitória. *na outra volta, 1'41.4" Argh, como isso? Foi por causa da passada na grama, certeza! *cerca de 25 minutos depois*. Nossa, eu to morto, parece que corri 10 horas seguidas. Deve estar na hora de parar pra trocar de piloto e reabastecer, mas enquanto eu não receber a ordem, eu não paro. *na próxima volta*. Ah, que bom, ordem de box. Acho que me saí bem na minha primeira parte. To em primeiro ainda na categoria, não deixei ninguém me passar e meu tempo de volta está em 1'38, mesmo com o carro tendo problemas... O chefe vai ficar orgulhoso em ter me chamado. A técnica de não olhar o retrovisor deu certo, pois quase não notei que eles estavam atrás de mim, tentando me passar. Essa entrada do box é meio complicada, o nosso é o número 22. Meus conhecimentos de hashiriya valeram de alguma coisa afinal, que bom! Agora é descer do carro o mais rápido possível pra não perder tempo.
Uau, estou muito feliz, nem sei explicar... Mas por que o chefe me olha desse jeito? A culpa não é minha se o carro tava ruim. Nos treinos eu fiz 1'34, aquilo ali era lucro... Bem, vou descansar no trailer. Ainda tem outro piloto antes de mim pra pegar o volante. *15 minutos depois, após um breve cochilo, um acessor da equipe bate à porta*. O que? Não vou mais correr? Só porque sou novato? Vou falar com o chefe. *chegou no box e viu a placa da próxima volta sendo montada. O tempo era de 1'31.6*.
Uau, estou muito feliz, nem sei explicar... Mas por que o chefe me olha desse jeito? A culpa não é minha se o carro tava ruim. Nos treinos eu fiz 1'34, aquilo ali era lucro... Bem, vou descansar no trailer. Ainda tem outro piloto antes de mim pra pegar o volante. *15 minutos depois, após um breve cochilo, um acessor da equipe bate à porta*. O que? Não vou mais correr? Só porque sou novato? Vou falar com o chefe. *chegou no box e viu a placa da próxima volta sendo montada. O tempo era de 1'31.6*.

 *conversa entre o hashiriya e o chefe*
31? Então o carro voltou ao normal. Mas por que eu não vou mais correr essa corrida?
Porque descobrimos o problema do carro e, como você não o conhece muito bem, resolvemos não arriscar mais.
Como não o conheço muito bem? Eu domino aquele carro! Não viu o que eu fiz durante a corrida? Segurei todo mundo na raça, na técnica. Sou um hashiriya e sei muito bem fazer isso, pois faço todos os dias. Poxa, eu entreguei o carro em primeiro lugar!
Quer saber, senhor hashiriya, chega de ser bonzinho contigo. O carro não tem problema algum. O problema estava atrás do volante e foi substituído. Está funcionando em perfeita forma agora. Não vamos recolocar uma peça defeituosa no carro novamente. Já fiz uma cagada de deixar você largar, não quero fazer outra!
Mas porra! Eu deixei o carro em primeiro lugar!!
Primeiro lugar? Acorda pra vida! Todo mundo te passou na largada e na primeira curva. Você tava levando sufoco dos Gols...
Gol? Eu? Levar sufoco de Gol e seu "poderoso AP"? Nunca! Meu orgulho hashiriya nunca iria permitir isso!
 Pois então se acostume com a idéia, pois você tava sendo perseguido por uma fila de Gols, com cerca da metade da potencia e uma categoria abaixo.
*o hashiriya olhou em volta e viu se tinha alguém olhando. De fato tinha, a equipe inteira, e todos confirmaram a versão, assentindo com a cabeça*
Aconselho a pegar suas coisas e ir embora. Enviaremos a sua parte depois. *disse o chefe*
*Então o hashiriya foi até o trailer, pegou as chaves de seu belíssimo Kadett com rodas japonesas e foi dirigindo até em casa, pensando nas palavras do chefe. No dia seguinte, saiu no jornal o resultado da corrida e lá tinha em destaque: "equipe faz ótima corrida de recuperação após péssima primeira perna e termina no pódio. Terceiro piloto passou mal e não compareceu. Chefe da equipe relata que peça defeituosa foi a causa do problema". Ao ver isso, o hashiriya notou que era tudo verdade mesmo o que o chefe havia dito, mas o pior foi saber que o carro que ele tanto desprezava era um pequeno monstro dentro das pistas.*
E agora? O que pensar? Eu nunca perdi pra um AP. Qual é o problema deles então? *Ele pegou o carro e foi dar uma volta para espairecer, quando viu um encontro de algum clube onde só haviam Gols. Resolveu parar numa outra rua para que não vissem seu carro e então foi até lá. O que viu foi uma coisa que o deixou intrigado com tudo, com aquilo que ele pensava. O problema não estava no AP e muito menos nos Gols. O problema estava em quem os dirigia! O hashiriya pegou seu Kadett e foi pra casa, entrou em alguns sites onde tinham carros do mesmo estilo e foi pesquisar. Foi em clubes onde tinham Chevettes, Fuscas, Corsas, Unos e até mesmo em um clube onde tinham Kadett's. O resultado foi o mesmo em cada um deles e ele saiu enojado com o que viu. Chegando em casa, viu uma Veraneio branca estacionada bem na frente. Era o chefe querendo lhe falar.*
Boa tarde, leu os jornais? Chegamos em quinto. Passei aqui pra entregar o seu prêmio e também conversar.
Olha chefe, eu não mereço esse prêmio. Eu vi o que aconteceu e se não fosse eu, você poderiam ter vencido aquela corrida. eu estraguei tudo!
Olha, você deve aceitar o prêmio pois é parte da equipe. todo mundo recebeu a sua parte e você deve receber a sua também. Você foi importante sim pra corrida, pois se você não tivesse corrido a primeira parte, os outros dois pilotos ficariam muito cansados no final, porque a corrida era longa.
Se é assim, eu aceito o bônus. Mas fique sabendo que eu ainda acho que não deveria.
, o seu rendimento foi abaixo do normal. Você pilotou demais com o coração e parece que esqueceu da cabeça. Você fez todos os pinheirinhos da forma errada e só ali você perdia cerca de 2 segundos. No entanto essa foi a primeira vez que pilotou numa corrida. Não demonstrou receio de largar lá no meio, e isso é bom. Agora é só aprender que corrida longa não se ganha em 30 minutos. Parece que esse negócio aí que você fala.. Hashhseiláoque fez algo de bom por você.
Hashiriya...
É, isso... Bem, agora falaremos de negócios.
Negócios? Como assim?
Claro. achou que eu vim aqui a toa? não... Isso foi um teste, para ver como se saía. Você tem potencial e quero você na minha equipe no ano que vem. Vai correr o campeonato de marcas, num Gol, dividindo o volante com um piloto da casa. Aceita? Ou o seu orgulho rashidi diz que é sacrilégio tocar em Gols?
 O nome é hashiriya! Chefe, eu aprendi que o carro não tem muito a ver com isso. Aprendi que a pessoa que o dirige é que é a culpada por ele ser daquele jeito. Pode ser Gol, Fusca, Chevette, Kadett... Se pertencer à pessoa errada, ele não vai passar de um carro.  

Yo!Agora você pode observar uma outra opinião,esta não é totalmente contraria à aquela do Kyoudaina Maru,pois temos aqui uma uma visão avançada sobre a Técnica de um piloto,de um Hashiriya que tem como missão guiar uma maquina automotor em circuitos,vale a pena destacar que para um Hashiriya não existe a ideia de "nossa carro ruim!preciso de um carro com mais potência,não consigo fazer as curvas com este carro"Existe a ideia de que o piloto que deve se "ajustar" ao carro e não ao contrário.Alex quis dizer que o importante não é a potência nem a visão sobre o carro e suas modificações,mais sim reforçar o que Kyoudaina Maru disse que é como este é pilotado.

Bom,já né!See you later!

3 comentários:

  1. essa história foi muito boa gostei demais o cara do gol ficou fudido quando o do chevette mostrou porquê tem aquele chevette kkkkkkk mais na minha opiniâo tambêm ficaria com o chevette gol com mola cortada sai dessa .



    me faz um favor posta meus desenhos no seu blog por quê meu blog esta meu chato e vazio me responde depois pelo seu e-mail o meu é vicjuniord@gmail.com aguardo a resposta


    ahhh e seu blog está show

    ResponderExcluir
  2. Hehe, realmente essas histórias ficaram muito boas, Celso. Aliás, acabei de editá-las colocando cores diferentes nas letras pra ficar mais fácil a leitura. Quanto ao Vicente, pode mandar seus desenhos estou pensando em fazer um quadro permanente para expor a arte que retrata o mundo automobilístico. Arigatou pelos elogios ao blog.
    by: Takahashi Ryosuke.

    ResponderExcluir
  3. Ouwl,Vicente cara manda seus desenhos vamos coloca-los junto aos outros em um lugar de destaque,obrigado ai pelo comentário,obrigado tambem Ryosuke e claro vamos tornar sua ideia realidade,deixo com vc isso.
    Celso Santos.

    ResponderExcluir